top of page
Buscar

Como a Inteligência Artificial está revolucionando os processos seletivos nas empresas

Atualizado: 26 de fev.




A inteligência artificial (IA) é uma das tecnologias mais disruptivas e inovadoras da atualidade, capaz de transformar diversos setores da sociedade, como a saúde, a educação, a indústria e o comércio. Mas você sabia que a IA também está mudando a forma como as empresas recrutam e selecionam seus talentos?


Os processos seletivos tradicionais, baseados em currículos, entrevistas e testes, estão cada vez mais sendo substituídos ou complementados por ferramentas de IA que prometem tornar a seleção mais ágil, eficiente, precisa e diversa.


Neste artigo, vamos mostrar como a IA está impactando os processos seletivos nas empresas, quais são as principais vantagens e desafios dessa tendência, e como você pode se preparar para esse novo cenário.


O que é inteligência artificial e como ela funciona?

A inteligência artificial é um ramo da ciência da computação que busca criar sistemas capazes de realizar tarefas que normalmente exigiriam inteligência humana, como reconhecer padrões, aprender, raciocinar, tomar decisões e resolver problemas.


A IA funciona por meio de algoritmos, que são conjuntos de regras e instruções que definem como um sistema deve operar. Esses algoritmos podem ser programados de forma explícita, ou seja, o desenvolvedor define exatamente o que o sistema deve fazer em cada situação, ou de forma implícita, ou seja, o sistema aprende por si mesmo a partir de dados e experiências.


Um dos tipos mais avançados e populares de IA é o aprendizado de máquina (machine learning), que é a capacidade de um sistema de aprender e melhorar seu desempenho sem ser explicitamente programado. O aprendizado de máquina pode ser dividido em dois tipos principais: supervisionado e não supervisionado.


No aprendizado de máquina supervisionado, o sistema recebe um conjunto de dados rotulados, ou seja, que contêm a resposta ou a saída esperada para cada entrada. Por exemplo, se o objetivo é reconhecer imagens de animais, o sistema recebe um conjunto de imagens com a identificação de cada animal. A partir desses dados, o sistema cria um modelo que pode prever a saída para novas entradas. Por exemplo, se o sistema receber uma imagem de um cachorro que não estava no conjunto de dados original, ele pode identificar que se trata de um cachorro com base no modelo que aprendeu.


No aprendizado de máquina não supervisionado, o sistema recebe um conjunto de dados não rotulados, ou seja, que não contêm a resposta ou a saída esperada para cada entrada. Por exemplo, se o objetivo é agrupar clientes com base em suas preferências, o sistema recebe um conjunto de dados com as características de cada cliente, mas sem saber a qual grupo ele pertence. A partir desses dados, o sistema cria um modelo que pode identificar padrões e similaridades entre as entradas, e assim formar grupos ou clusters. Por exemplo, se o sistema receber um novo cliente que não estava no conjunto de dados original, ele pode atribuir esse cliente a um dos grupos que criou com base no modelo que aprendeu.


Como a inteligência artificial está sendo aplicada nos processos seletivos?




A inteligência artificial está sendo aplicada nos processos seletivos de diversas formas, desde a triagem de currículos até a avaliação de competências e personalidade dos candidatos. Veja alguns exemplos de como a IA está revolucionando a seleção de talentos nas empresas:


Triagem de currículos: Uma das etapas mais demoradas e trabalhosas dos processos seletivos é a triagem de currículos, que consiste em analisar o perfil de cada candidato e verificar se ele atende aos requisitos da vaga. Essa etapa pode ser automatizada por meio de ferramentas de IA que usam algoritmos de processamento de linguagem natural (NLP) para extrair as informações relevantes dos currículos, como formação, experiência, habilidades e certificações, e compará-las com os critérios da vaga. Assim, a ferramenta pode classificar os candidatos em ordem de relevância e eliminar aqueles que não se encaixam no perfil desejado. Além de economizar tempo e recursos, essa aplicação de IA pode reduzir os vieses e erros humanos na triagem de currículos, tornando-a mais justa e objetiva.


Entrevistas online: Outra etapa que pode ser otimizada por meio de ferramentas de IA é a entrevista online, que consiste em realizar uma conversa com o candidato por meio de uma plataforma digital, como um aplicativo ou um site. Essa etapa pode ser realizada de forma síncrona, ou seja, com o entrevistador e o candidato interagindo em tempo real, ou de forma assíncrona, ou seja, com o candidato respondendo a perguntas pré-gravadas ou escritas pelo entrevistador. Em ambos os casos, a ferramenta de IA pode usar algoritmos de reconhecimento facial, de voz e de emoção para captar e analisar as expressões, o tom, o ritmo e o conteúdo das respostas do candidato, e assim avaliar suas competências, personalidade, motivação e adequação à cultura da empresa. Essa aplicação de IA pode tornar as entrevistas online mais padronizadas, consistentes e imparciais, além de permitir uma maior escala e alcance dos processos seletivos.


Testes online: Uma etapa complementar às entrevistas online é a realização de testes online, que consistem em aplicar provas ou desafios aos candidatos por meio de uma plataforma digital, como um aplicativo ou um site. Esses testes podem avaliar diferentes aspectos dos candidatos, como conhecimentos técnicos, habilidades cognitivas, comportamentais e sociais, e valores e interesses. A ferramenta de IA pode usar algoritmos de aprendizado de máquina para corrigir e pontuar os testes, bem como para gerar relatórios e feedbacks personalizados para cada candidato. Essa aplicação de IA pode tornar os testes online mais rápidos, precisos e confiáveis, além de proporcionar uma melhor experiência para os candidatos.


Quais são as vantagens e desafios da inteligência artificial nos processos seletivos?

A inteligência artificial nos processos seletivos traz uma série de vantagens, tanto para as empresas quanto para os candidatos. Veja algumas delas:


Agilidade: A IA pode acelerar os processos seletivos, reduzindo o tempo entre a divulgação da vaga e a contratação do candidato. Isso pode aumentar a satisfação dos candidatos, que recebem um retorno mais rápido, e das empresas, que podem preencher suas vagas mais rapidamente e evitar a perda de talentos para a concorrência.


Eficiência: A IA pode aumentar a eficiência dos processos seletivos, diminuindo o custo e o esforço envolvidos na seleção de talentos. Isso pode liberar os profissionais de RH para se dedicarem a outras atividades mais estratégicas e de maior valor agregado, como o desenvolvimento e a retenção de talentos.


Precisão: A IA pode aumentar a precisão dos processos seletivos, melhorando a qualidade e a validade das informações e dos critérios usados na seleção de talentos. Isso pode reduzir as chances de contratar pessoas inadequadas ou despreparadas para as vagas, e aumentar as chances de contratar pessoas alinhadas e engajadas com a empresa.


Diversidade: A IA pode aumentar a diversidade dos processos seletivos, ampliando o acesso e a oportunidade para candidatos de diferentes origens, gêneros, idades, etnias, orientações sexuais, deficiências e outras características. Isso pode contribuir para a criação de equipes mais heterogêneas, criativas e inovadoras, e para a promoção de uma cultura mais inclusiva e respeitosa na empresa.


No entanto, é preciso dizer que a inteligência artificial nos processos seletivos também traz alguns desafios, que devem ser considerados e superados. Um exemplo é o Viés: A IA pode reproduzir ou amplificar os vieses humanos nos processos seletivos, prejudicando a equidade e a diversidade da seleção de talentos. Isso pode ocorrer se os dados, os algoritmos ou os critérios usados pela IA forem tendenciosos, incompletos ou desatualizados, ou se a IA não for monitorada.


Como a Vincci Estágios tem usado a inteligência artificial nos processos seletivos?

Uma das empresas que tem se destacado no uso da inteligência artificial nos processos seletivos é a Vincci Estágios, uma HR Tech integradora de estágios que conecta estudantes universitários às melhores empresas do Brasil.


A Vincci Estágios usa ferramentas de IA para recrutar, selecionar e gerenciar os estagiários de nível superior, oferecendo uma solução rápida, eficiente, precisa e diversa para as empresas que buscam talentos para vagas de estágios ou vagas CLT entry level.


A Vincci Estágios usa algoritmos de NLP para extrair as informações dos currículos dos estudantes e compará-las com os requisitos das vagas.


Além disso, a empresa começou a testar algoritmos de reconhecimento facial, de voz e de emoção para avaliar as competências, personalidade, motivação e adequação à cultura da empresa dos candidatos nas entrevistas online.


Por fim, a empresa usa algoritmos de aprendizado de máquina para corrigir e pontuar os testes online que avaliam os conhecimentos técnicos, habilidades cognitivas, comportamentais e sociais, e valores e interesses dos candidatos.


Com isso, a Vincci Estágios consegue encaminhar para cada vaga três Top Talents finalistas selecionados entre 200 candidatos, em um prazo médio de 10 dias. Além disso, a empresa faz toda a gestão do estágio, desde o convênio junto às universidades até o seguro de vida do estagiário, tudo 100% digital.


A Vincci Estágios também se preocupa em formar jovens para o mercado e para a vida, por meio do programa Go Vincci, um conjunto de trilhas de aprendizagem online, inteligentes e divertidas, focadas no desenvolvimento contínuo de soft skills.


De acordo com depoimentos de clientes, a Vincci Estágios tem entregado candidatos de alto nível, com perfis variados e alinhados às expectativas das empresas. Além disso, a Vincci Estágios tem proporcionado uma experiência positiva tanto para as empresas quanto para os estudantes, com um atendimento personalizado e um suporte eficiente.


Portanto, a Vincci Estágios é um exemplo de como a inteligência artificial pode revolucionar os processos seletivos nas empresas, trazendo benefícios para todos os envolvidos.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Dicas para estudantes que procuram por estágios

10 Competências Essenciais para Estudantes Buscando Estágios Os estágios são uma parte crucial da jornada acadêmica de qualquer estudante universitário. Além de fornecer uma experiência prática no mun

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page